Navegar para Cima
Logo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas
Direção Regional dos Recursos Florestais
 



Controlo de espécies cinegéticas para proteção de culturas

O coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus) e o pombo-das-rochas (Columba lívia) pertencem à lista de espécies que se podem caçar (espécies cinegéticas) na Região Autónoma dos Açores (RAA), sendo nessa condição sujeitos a um controlo populacional regular, feito através da caça e que impede que a sua elevada proliferação e abundância possa afetar as culturas agrícolas ou os povoamentos florestais.

No entanto, há por vezes a necessidade de prevenir ou minimizar a ocorrência de danos na agricultura ou nas florestas, resultantes de situações excecionais e localizadas, pelo que a legislação que regulamenta a gestão sustentada dos recursos cinegéticos prevê também a possibilidade de as populações de espécies cinegéticas poderem, fora das condições regulamentares do exercício da caça, ser objeto de ações de correção de densidade, quando tal seja necessário.

Como forma alternativa ao abate dos animais, em situações em que o mesmo não é possível ou eficaz, para proteção das culturas agrícolas, existe sempre a possibilidade do recurso a métodos ou processos que promovem o seu afastamento das áreas a proteger, de forma temporária ou permanente, como por exemplo, o recurso a mecanismos de afugentamento, a eliminação dos locais de abrigo e reprodução ou a vedação das áreas de cultivo.