Navegar para Cima
Logo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas
Direção Regional dos Recursos Florestais
 



​Dragoeiro – Dracaena draco L.


Descrição geral:
Árvore que pode ultrapassar os 15m de altura. Tronco robusto de material fibroso facilmente putrescível. Ritidoma de cor acinzentada, marcando por cicatrizes foliares. Copa ampla em forma de umbela de contorno circular. Folhas grandes, coreáceas, simples, verde acinzentadas, acastanhadas na base. Flores em panícula, odíferas, hermafroditas, verde-esbranquiçadas, dispostas em inflorescências longas. Frutos são bagas globosas, inicialmente amarelo-esverdeado, tornando-se laranja brilhante quando maduros. Sementes esféricas, muito duras.
A seiva forma uma resina translucente, de cor vermelho sangue quando oxidada.

Habitat:
Nos Açores os dragoeiros habitam a baixa altitude, com fins ornamentais, em parques, quintas, jardins e mesmo em espaços públicos.

Estatuto de conservação:
Espécie endémica da Macaronésia, protegida pela Directiva Habitat e pela Convenção de Berna.

Risco de extinção:
VU – Espécie vulnerável.

Distribuição nos Açores:
Todas as ilhas, exceto no Corvo.