Navegar para Cima
Logo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas
Direção Regional dos Recursos Florestais
 



Louro – Laurus azorica

(Seub.) Franco


Descrição geral:
Árvore monóica, de folha persistente. Normalmente apresenta um porte de 8 a 10 metros. Tronco direito, copa densa, ramificação com início a pouca distância da base. Folhas aromáticas, verde escuras, coriáceas, glabras com forma variável, ovadas oblongas. Flores femininas branco-amarelado. O fruto é uma baga ovóide, negra. A madeira é indicada para carpintaria de limpos e marcenaria.

Habitat:
Muito rústico, resistente às condições adversas do meio, nomeadamente às fortes exposições, encontra-se desde sítios húmidos constantemente irrigados, a correntes de lava quase secas, preferindo sempre zonas mais ou menos sombrias. As florestas de louro surgem geralmente acima dos 500 metros de altitude.

Estatuto de conservação:
Espécie endémica dos Açores, não protegida.

Risco de extinção:
VU – Espécie vulnerável.

Distribuição nos Açores:
Todas as ilhas, excepto na Graciosa e Corvo.